sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Impressora em miniatura


Este conceito da Berg é uma impressora em miniatura que nos imprime os cabeçalhos das notícias, puzzles e muito mais, duas vezes por dia.

A Little Printer da Berg imprime uma coleção de material personalizado, em folhas semelhantes aos recibos que recebemos dos supermercados. As impressões incluem cabeçalhos noticiosos, meteorologia, puzzles Sudoku, listas de afazeres e muito mais.

O utilizador escolhe as fontes que quer a partir de uma app para iPhone e Android. Os dados são, depois, enviados para a pequena impressora térmica.

A Little Printer será disponibilizada no próximo ano como produto beta.

fonte: Exame Informática

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Revista do Super-Homem bate mais um recorde de preço


Primeira oferta pela revista foi de um dólar

A revista número um da série “Action Comics”, onde surge pela primeira vez o Super-Homem, tornou-se o primeiro livro de banda desenhada a ser vendido num leilão por 2,16 milhões de dólares (1,6 milhões de euros).

O exemplar da revista, que data de 1938, começou a ser leiloado online no início de Novembro, com uma oferta de apenas um dólar (0,74 euros), sob uma base de licitação de 900 mil dólares (670 mil euros) e foi vendido na última quarta-feira por um valor muito superior. 

Actualmente, existe uma centena de exemplares do número um da revista, mas só alguns estarão em bom estado de conservação, escreve a BBC. Já em Março do ano passado uma cópia da mesma revista tinha batido um recorde – de 1,5 milhões de dólares (1,1 milhões de euros) –, um número que nem a leiloeira online esperava superar tão cedo.

“Acreditava realmente que este seria um recorde que ia durar durante muitos anos”, afirmou, citado pelo “Telegraph”, Stephen Fishler o responsável pela ComicConnect.com, a que leiloou a revista.

A raridade terá sido roubada em 2000 e só recuperada em Abril deste ano na Califórnia. O comprador é ainda desconhecido, mas a BBC refere o actor Nicolas Cage como um dos nomes a circular no meio, lembrando que foi ele quem, em 1997, comprou um exemplar por 150 mil dólares (111 mil euros).

fonte: Público

The Simpsons


quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Tom Sawyer pinta logótipo da Google


A Google está a homenagear o aniversário de Mark Twain com um doodle onde Tom Sawyer, uma das personagens mais populares do escritor norte-americano, pinta o logótipo do motor de busca numa cerca

O mais recente doodle da Google, que prova uma vez mais a criatividade do motor de busca na altura de homenagear datas ou personalidades históricas, é dedicado ao escritor Mark Twain, que faria hoje 176 anos se fosse vivo.

Neste logótipo animado Tom Sawyer e o seu melhor amigo Ben, personagens bastante populares do universo do autor, pintam as letras da palavra Google, num mural que atravessa toda a largura da homepage do motor de busca.

Esta imagem faz também parte do imaginário de Mark Twain, pois remete para um dos episódios retratados num dos livros de Tom Sawyer.

Tal como nos outros casos em que a Google cria este tipo de logótipos animados, quando o utilizador clica na imagem encontra vários sites dedicados ao tema ou personalidade homenageada.

Nascido a 30 de Novembro de 1835, Mark Twain é considerado um dos maiores escritores norte-americanos do século XIX, tendo publicado cerca de 30 livros, entre romances e contos.

Tom Sawyer, que surgiu pela primeira vez em 1876, é uma das personagens mais conhecidas do autor, que também ficou conhecido pelas suas citações.

A mais popular foi a célebre frase «as notícias sobre a minha morte são claramente exagerados», dada em resposta a um jornalista que o questionou sobre os rumores em torno da sua morte, que apenas ocorreu a 21 de Abril de 1910.

fonte: Sol

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Google cria doodle para apoiar eleições no Egipto


A Google resolveu criar um doodle dedicado às eleições no Egipto, expressando assim o apoio à realização do primeiro escrutínio livre realizado no país em cerca de 60 anos

O dia de hoje é considerado histórico para o Egipto, pois realizam-se as primeiras eleições livres no país em mais de 60 anos, tornadas possíveis devido à queda de Hosni Mubarak na sequência das manifestações que encheram a praça Tahir.

Para comemorar a data a Google resolveu criar um doodle alusivo às eleições para a versão egípcia do motor de busca, onde as letras do logótipo fazem fila para votar.

Além do doodle, a Google disponibilizou vários serviços on-line que permitem, por exemplo, conhecer os locais onde se pode votar ou as últimas notícias relativas às eleições, avança o El Mundo.

O motor de busca aproveitou também o YouTube para criar um canal específico, que se encontra on-line desde o início do mês, destinado à divulgação de vídeos onde os candidatos explicam as suas propostas.

fonte: Sol

sábado, 26 de novembro de 2011

Como dobrar a rouba? Esta engenhoca é a solução!

Muitas pessoas, por vezes, têm um certo atrito no momento de dobrar a roupa. Com esta simples engenhoca esses problemas podem ser revolvidos, no que toca a t-shirts, blusas, etc. Para a construir basta apenas cartão, que se pode encontrar facilmente em qualquer lado. O vídeo é de fácil compreensão e a engenhoca genial.



PEOPLE ARE AWESOME

Nova York em miniatura


Já se perguntou como o mundo se pareceria se fosse em miniatura!? O fotografo e director de cinema Sam O'Hare mata sua própria curiosidade, usando lentes especiais para capturar Nova York em forma de miniatura, é impressionante esse video.


Cidades de palitos de dentes

Veja o que é possível fazer quando se tem tempo, paciência, 6 milhões de palitos de dente e 170 litros de cola.






"Doodle" em forma de jogo homenageia Stanislaw Lem


A Google voltou a utilizar o logótipo para homenagear uma personalidade. Desta vez, a mudança pretende marcar o 60º aniversário do livro "Os Astronautas", a primeira publicação do polaco Stanislaw Lem, escritor de ficção científica.

O novo "doodle", logótipo modificado da Google, escrito na linguagem HTML5, foi inspirado em ilustrações do também polaco Daniel Mróz, um ilustrador cujos trabalhos aparecem nas próprias obras de Stanislaw Lem.

O logótipo assume a forma de um jogo composto por três quebra-cabeças, que têm por base o diálogo entre o Homem e a máquina, um dos principais pilares da obra de Lem.

Os "doodles" mais famosos

Os "doodles", ou logótipos modificados da Google, foram patenteados este ano e revelaram-se demonstrações de criatividade na homenagem a várias personagens célebres ou feitos históricos.

Alguns destes "doodles" destacaram-se a nível mundial, como é o caso do 96º aniversário do nascimento do guitarrista Les Paul, o 70º aniversário de John Lennon, o dedicado a Charlie Chaplin, o 65º aniversário do nascimento de Freddie Mercury e o 20º aniversário da morte de Marta Graham.

Sobre grandes acontecimentos, os "doodles" tiveram impacto na comemoração do 143º aniversário do nascimento de H.G. Wells e do 30º aniversário do jogo Pac-Man. Este último gerou tanta procura que a Google se viu obrigada a criar um site permanente para o alojar.

O primeiro "doodle" data de 1998. Na altura, os co-fundadores da empresa, Larry Page e Sergey Brin, modificaram o logótipo com o desenho do "Burning Man Festival", no qual participaram.

fonte: JN

domingo, 20 de novembro de 2011

Tudo que você precisa saber sobre o peido


As informações deste artigo não é o que se pode dizer: “isso era tudo o que eu precisava saber nesta sexta-feira!” Mas pelo menos dá pra terminar a semana com uma pitada de humor, ainda que pareçam bem verídicas.

Observação: Dedico as informações aqui compartilhadas a uma amiga. Não posso colocar o nome, mas ela saberá que é de coração.

1. O que é o flato? Do que ele é feito?

Flato, do latim flatus, significa sopro e é uma composição de gases altamente variável, expelida pelo ânus.

É formado por parte do ar que engolimos, que é quase só nitrogénio e dióxido de carbono, pois o organismo absorve o oxigénio, e gases resultantes das reações químicas entre ácido estomacal, fluidos intestinais e flora bacteriana.

Ou seja, dióxido de carbono, hidrogénio e metano.

2. O que faz os peidos cheirarem mal?

O odor dos peidos vem de pequenas quantidades de sulfeto de hidrogénio (gás sulfídrico) e enxofre livre na mistura.

Quanto mais rica em enxofre for sua dieta, mais desses gases vão ser produzidos pelas bactérias no seu intestino e mais os seus peidos vão cheirar mal.

Pratos como cebola, couve-flor e ovos são notórios por produzirem peidos fedorentos. Feijão, por exemplo, produz grandes quantidades de peidos não necessariamente fedurentos.

3. Por que os peidos fazem barulho?

Os sons são produzidos pela vibração da abertura anal.

O som depende da velocidade da expulsão do gás e de quanto estreita for a abertura dos músculos do esfíncter anal.

4. Quanto gás uma pessoa normal produz por dia?

Em média, uma pessoa produz cerca de um litro de peido por dia, distribuído em cerca de 14 peidos diários.

Pode ser difícil para você determinar o volume dos seus peidos diários, mas você pode estimar quantas vezes peida.

Pense nisso como uma pequena experiência científica: anote tudo que você come e conte o número de vezes que você peida. Você pode inclusive anotar sobre o fedor deles.

Você descobrirá uma relação entre o que você come, quanto você peida, e quanto seus peidos cheiram mal.

5. Quanto tempo leva até que o peido chegue ao nariz de alguém?

Isso depende das condições atmosféricas, humidade e velocidade do vento, além da distância entre as pessoas também. Os peidos também se dispersam e sua potência nauseante diminui com a diluição.

Condições excepcionais existem quando o peido é libertado numa área pequena e fechada, como um elevador, um quarto pequeno ou um carro, porque essas condições limitam a quantidade de diluente possível (ar) e o peido vai permanecer numa concentração perceptível por mais tempo, até que se condense nas paredes.

6. É verdade que algumas pessoas nunca peidam?

Não. Se elas estiverem vivas, peidam.

Pessoas podem peidar até mesmo algumas horas depois de mortas.

7. Homens peidam mais que mulheres?

Mulheres peidam tanto quanto homens.

O caso é que os homens têm mais orgulho disso.

8. Em que parte do dia um “gentleman” está mais sujeito a peidar?

Durante a manhã, quando estiver no quarto de banho. Isso é conhecido como “trovoada matinal”.

Se o gentleman conseguir uma boa ressonância, ele pode ser ouvido na casa inteira.

9. Por que o feijão faz as pessoas peidarem tanto?

O feijão contém açúcares que seres humanos não conseguem digerir. Quando esses açúcares chegam aos nossos intestinos, as bactérias fazem a festa e produzem um monte de gás.

Outros produtores notórios de peidos são milho, pimenta, repolho e leite.

10. Um peido é mesmo só um arroto que saiu pelo lado errado?

Não, a frase “arroto é um peido maroto que subiu de elevador” é puro folclore.

Arroto vem do estômago e tem composição química diferente de um peido.

Os peidos têm menos ar atmosférico e mais gases produzidos por bactérias.

11. Para onde vão os peidos quando você segura eles?

Quantas vezes você segurou um flato, pretendendo soltá-lo na primeira oportunidade apropriada e depois descobriu que ele tinha “desaparecido” quando você estava pronto?

Ele saiu lentamente sem a pessoa saber?

Foi absorvido pela corrente sangüínea?

O que aconteceu com ele?

Os médicos concordam que o peido não é nem libertado nem absorvido. Ele simplesmente volta para os intestinos e sai depois. Isso reafirma o facto de que os peidos não são realmente perdidos, e sim adiados.

12. É possível mesmo “acender” peidos?

A resposta é SIM. Normalmente os puns incluem metano e hidrogénio, ambos são gases inflamáveis. Entretanto, você deve estar avisado de que colocar um peido em ignição é perigoso. Não só a chama pode subir de volta para seu cólon, como a sua roupa e o que estiver ao redor pode pegar fogo.

Cerca de 25% das pessoas que o fizeram queimaram as bordas e os cabelinhos do ânus.

Peidos tendem a se traduzir em chamas azuis ou amarelas.

13. Por que as meninas não assumem seus peidos?

Acho que você deveria começar dizendo que somente algumas meninas não assumem seus peidos. A razão é cultural. Elas são ensinadas a pensar que peidar não é coisa que uma dama faça.

É um grande erro pensar assim. Todas as pessoas praticam a emissão de gases anais.

14. Cheirar peido deixa “chapado”?

Não se conhecem agentes intoxicantes na flatulência.

15. É possível enlatar um peido para uso posterior?

Teoricamente sim, mas há uma série de problemas logísticos. Você pode tentar usar um saco plástico ao invés de uma lata.

Você pode usar o seguinte como uma experiência de feira de ciências: peide em vários sacos plásticos e os feixe com cuidado. Então encha outros sacos com ar normal. Espere 6 horas.

Então eleja voluntários para cheirar o conteúdo dos sacos e verifique se eles conseguem dizer se o que tem ali dentro é peido ou é ar. Isso vai te dar a informação se é possível guardar peidos.

Se você fizer na banheira e se inclinar de forma que seus peidos emirjam como bolhas na sua frente e não por trás, você pode pegar as bolhas numa garrafa e ter peidos puros dentro de garrafas, sem estarem contaminados com ar atmosférico.

16. É estranho gostar de peidar?

Não. Mas se a pessoa peida numa quantidade que lhe traz problemas e infelicidade, deveria consultar seu médico.

17. De que cor é o peido?

Via de regra, incolor, porque os gases que o constituem são incolores.

Imagine que interessante seria peidar laranja, tipo dióxido de nitrogénio.

Ninguém mais perguntaria de quem é o peido.

18. Outras pessoas sentem mais o cheiro do peido do que o “autor”?

O peido deveria cheirar tanto para quem o fez quanto para as pessoas que dele “desfrutam”. Mas quem fez leva vantagem pelo facto de que propeliu o ar para longe do seu corpo, numa direção oposta à do seu nariz.

Peidar contra o vento anula essa vantagem.

fonte: Você Sabia?

Origem do sinal arroba


De onde vem o misterioso sinal @, a que os portugueses chamam «arroba», os norte-americanos e ingleses «at», os italianos «chiocciola» (caracol) e os franceses «arobase»? Porque razão foi ele escolhido para os endereços de correio electrónico? Na verdade, não conhecemos ao certo a origem deste misterioso símbolo. Nem estávamos preocupados com o problema, até que ele começou a entrar no nosso dia-a-dia e foi preciso arranjar-lhe uma designação.

A princípio, os portugueses chamavam-lhe «caracol», «macaco» ou outro nome claramente inventado. Depois, houve quem reparasse que a Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira dizia tratar-se do símbolo de arroba, pelo que esse nome pegou.

Que terá a arroba a ver com esse sinal? Não se sabe ao certo, mas há pouco mais de um ano, o investigador italiano Giorgio Stabile descobriu um documento veneziano datado de 1536 onde esse símbolo aparecia. Estava aí a representar ânforas, utilizadas como unidades de peso e volume. Posteriormente, num vocabulário Latim-Espanhol de 1492, Stabile encontrou o termo «arroba» como tradução castelhana do latim «amphora». A ânfora e a arroba, concluiu o investigador italiano, estariam na origem da estranha letra retorcida.

O encadeamento dos factos é fascinante, mas há pontos obscuros. A palavra «arroba» não tem qualquer relação com «ânfora», pois vem do árabe «ar-ruba’a», designando «um quarto» ou «a quarta parte», como se aprende no Dicionário Etimológico de José Pedro Machado. Trata-se de uma unidade de peso que equivale a 14,788 quilogramas e que habitualmente se arredonda para 15kg. Podia ser que uma ânfora cheia de vinho tivesse esse peso, mas a semelhança fica por aí.

No século XVII o mesmo símbolo reapareceu, mas com outro significado. Utilizava-se para abreviar a preposição latina «ad», que significa «para», «em», «a», e que se usava para introduzir os destinatários das missivas. Condensava-se o «a» e o «d», num único carácter. É a chamada ligatura. O dicionário brasileiro Aurélio diz que ligatura é a «reunião, num só tipo, de duas ou mais letras ligadas entre si, por constituírem encontro frequente numa língua». Nesse mesmo dicionário da língua portuguesa confirma-se o símbolo @ como abreviatura de arroba.

O misterioso @ continuou a ser utilizado até ao século XIX, altura em que aparecia nos documentos comerciais. Em inglês lia-se e lê-se «at», significando «em» ou «a». Quem percorra as bancas de fruta ou os mercados de rua norte-americanos vê-o frequentemente. Os vendedores escreviam e continuam a escrever «@ $2» para significar que as azeitonas se vendem a dois dólares (cada libra, subentenda-se). Para eles não se trata de nenhuma moda: sempre viram aquele símbolo como a contracção das letras de «at».

Na máquina de escrever Underwood de 1885 já aparecia o @, que sobreviveu nos países anglo-saxónicos durante todo o século XX. O mesmo não se passou nos outros países. No teclado português HCESAR, por exemplo, que foi aprovado pelo Decreto-lei 27:868 de 1937, não existe lugar para o @. Por isso, quando o símbolo reapareceu nos computadores, ele tinha já um lugar cativo nos teclados norte-americanos, por ser aí de uso frequente. Nos nosso teclados só foi acrescentado nos anos 80 e encavalitado noutra tecla: é preciso pressionar simultaneamente Ctrl+Alt+2 ou AltGr+2 para o fazer aparecer.

Quando o correio electrónico foi inventado, o engenheiro Ray Tomlinson, o primeiro a enviar uma mensagem entre utilizadores de computadores diferentes, precisou de encontrar um símbolo que separasse o nome do utilizador do da máquina em que este tinha a sua caixa de correio. Não queria utilizar uma letra que pudesse fazer parte de um nome próprio, pois isso seria muito confuso. Conforme explicou posteriormente, «hesitei apenas durante uns 30 ou 40 segundos… o sinal @ fazia todo o sentido». Estava-se em 1971 e esses 30 ou 40 segundos fizeram história, mas criaram um problema para os países não anglo-saxónicos. Não foi só nos teclados, foi também na língua.

Em inglês, «charles@aol.us» entende-se como «Charles em aol.us», ou seja, o utilizador Charles que tem uma conta no fornecedor AOL, situado nos Estados Unidos. Mas em português não soa bem ler «fulano@servidor.pt» dizendo fulano-arroba-servidor.pt. Nem tem muito sentido. Mas qual será a alternativa? Uma solução seria seguir o inglês e dizer «at». Outra ainda seria dizer «a-comercial», como nos princípios do século XX se chamava a esse símbolo no nosso país. Talvez o melhor fosse utilizar «em». Mas haverá soluções mais imaginativas. Quem quiser gastar o seu latim pode proclamar «ad», rivalizando em erudição com o mais sábio dos literatos. Ou surpreender toda a gente, anunciando uma «amphora» no seu endereço.


domingo, 30 de outubro de 2011

Os brinquedos perigosos das crianças de antigamente

Veja exemplos do que não dar de presente a seu filho. Ou coisas com as quais seu pai se divertiu no passado.

Quando encontramos peças muito pequenas que se soltam ou tinta tóxica, em brinquedos é um verdadeiro escândalo na mídia. Logo a fabricante faz recall, sofre processos e corrige os erros. Mas nem sempre foi assim. No passado, alguns brinquedos eram verdadeiras armas. O site Cracked fez uma lista dos mais perigosos: 


Soprar vidro 

Aparentemente era divertido soprar um tubo de vidro fundido até que ele tomasse forma. Para os jovens americanos de 50 anos atrás era útil ter essa habilidade para que fizessem seus próprios tubos usados nas aulas de química. Mesmo assim, a brincadeira do Gilbert Glass Blowing é um tanto perigosa para ser feita por pessoas sem treino, é que o vidro deve ser muito aquecido para chegar ao ponto maleável.




Moldar chumbo 

A mesma empresa que dava vidro quente para crianças moldarem com a boca, tem o Gilbert Kaster Kit, um equipamento para fazer soldados e armas de chumbo. Se o vidro precisa ficar muito quente para fundir, imagine o chumbo. Segundo o site Cracked, o brinquedo foi comercializado entre os anos 1920 e 1930. 



Locomotiva de verdade 

Só em 1843 a empresa Stevens criou a primeira locomotiva que se movia sozinha. Mas nada de pilhas nessa época. O combustível era querosene ou álcool que deveria ser acendido e deixava um rasto pelo chão.




Ferramentas de verdade 

O Powermite Working Tools é uma caixa de ferramentas para crianças, mas os objectos não são de plástico ou borracha. É tudo de metal mesmo, só o tamanho é menor, afinal, as crianças são menores. Berbequim e serra podem ser usadas normalmente.




Fogão e ferro de passar 

Outra vez, nada de plástico. O fogãozinho, da década de 1930, aquece de verdade, só deveria ser difícil cozinhar alguma coisa de verdade. O ferro eléctrico em miniatura é perfeito para passar roupinhas de bonecas, a propaganda diz que as meninas poderão ajudar a mãe com as tarefas de casa.



Química 

O jogo de química da Gilbert, a mesma empresa do vidro e chumbo fundidos, poderia ser mais um educativo comum, mas continha 56 produtos químicos. Alguns deles bem perigosos. O permanganato de potássio, além de tóxico, pode provocar explosões, por exemplo. O kit vinha até com instruções para fazer uma bomba. O brinquedo fez sucesso na década de 1920, mas acabou por entrar em declínio nos anos 60.



Arma 

A Autstin Magic Pistol, lançada nos anos 50, conta com a ajuda de produtos químicos que, em combinação com água – ou saliva – , provocam uma explosão e lança a bola para seu oponente, quer dizer, amiguinho. Veja:




Laboratório de Energia Atómica 

O pior ficou para o final. Na década de 1950, a energia nuclear era bem vista pela maioria das pessoas, mas nada justifica dar urânio radioactivo como presente de natal. O kit, feito pelo Clube Americano de Ciência Básica, continha urânio e rádio, ambos radioactivos.



Fim alternativo do "Regresso do Jedi" / "Return of the Jedi" alternate ending

domingo, 16 de outubro de 2011

How to Make a Origami Paper Cube (6 pieces)

Os 10 Países... com mais Internautas


Segundo o site ComScore, foram listados os países abaixos como os 10 com mais usuários acessando a Internet.

1º. China: 179,7 milhões de internautas
2º. Estados Unidos: 163,3 milhões
3º. Japão: 60 milhões
4º. Alemanha: 37 milhões
5º. Reino Unido: 36,7 milhões
6º. França: 34 milhões
7º. Índia: 32,1 milhões
8º. Rússia: 29 milhões
9º. Brasil: 27,7 milhões
10º. Coréia do Sul: 27,3 milhões

fonte: DJ PUTO_P

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

How to make a homemade anti gravity toy

Novo Android de 4,3 polegadas custa menos de 200 euros


Um ecrã de 4,3 polegadas e a mais recente versão do Android são dois principais argumentos do mais recente smartphone de marca própria da Optimus, que começa hoje a chegar às lojas nacionais.

Outro dos pontos fortes será, sem dúvida, o preço, se pensarmos que estamos a falar de um modelo que será comercializado por 199,90 euros. Na loja online custa menos 10 euros.

O equipamento chama-se Optimus Monte Carlo Android e, como deixa adivinhar o empenho colocado no tamanho do ecrã (maior que o do iPhone, por exemplo), encontra-se especialmente vocacionado para as experiências multimédia.

Para além de generoso, o ecrã tátil é capacitivo e multitoque - como seria de esperar.

Equipado com o Android 2.3 Gingerbread, integra um processador de 800 Mhz e assegura conectividade 3,5G, Wi-Fi e Bluetooth.

A câmara integrada é de 5 megapixéis, tem autofócus e vem acompanhada de flash LED. Entre as restantes características contam-se ainda os habituais A-GPS, bússola digital e acelerómetro. 

fonte: Tek

Android in Space - Nexus S on Space Shuttle Atlantis

domingo, 28 de agosto de 2011

Dezesseis coisas que não deve colocar no micro-ondas

Sabonete, uvas, baterias, bolas de ping pong, CD, provocam fogo, explosões ou apenas efeitos engraçados

O YouTube é um prato cheio para se ver experiências bizarras no micro-ondas. Veja as experiências abaixo, mas sempre vale aquele velho aviso: não tente isso em casa.

Sabonete


Uvas


Ovos


Baterias



Bolas de Ping Pong


CD´s


Marshmallow


Sacos de batatas fritas


Marcadores flurescentes


Lâmpadas


Folha de Alumínio


Pasta de dentes


Lata de spray


Gomas


Garrafas


Balão com leite



sábado, 13 de agosto de 2011

Vêm aí os DVD indestrutíveis


Custam pouco mais de dois euros, mas podem durar tanto como uma pedra. São DVD, mas em breve podem passar por discos Blu Ray também.

A LG e a Millenata deram a conhecer um DVD indestrutível, que dá pelo nome de M-Disc. 

As marcas não dizem como criaram um disco capaz de superar os 100 anos de duração máxima que um DVD pode alcançar (desde que seja tratado com todos os cuidados), mas lembram que os M-Disc têm as características de uma pedra. 

Para provar esta capacidade de resistência, os DVD foram submetidos a testes em recipientes cheios de nitrogénio líquido ou de água com temperatura a 80 graus - e segundo rezam as crónicas, os discos não terão perdido os dados que continham. 

Os M-Disc podem ser reproduzidos pelos leitores de DVD atuais, desde que se proceda a uma atualização de firmware, noticia o El Pais. 

LG e a Millenata garantem que, em breve, os M-Disc também poderão vir a ter, brevemente, a mesma capacidade de armazenamento de um disco Blu-Ray. 

Com uma velocidade de gravação de 4,7 GB em 15 minutos, os M-Disc deverão estrear no mercado com preços de três dólares (cerca de 2,1 euros) por unidade . 

sábado, 6 de agosto de 2011

Earth's Treasure, da McDonald´s

Incrível: a Terra Média feita com lego

Um grupo de fãs do Senhor dos Anéis – e, aparentemente, de lego também – construiram uma versão de 37 metros quadrados da Terra Média.

A ideia surgiu no Brick World 2010, onde os dois criadores do projecto se conheceram. Chris Phipson e Mark Kelso criaram a parceria que resultou na incrível réplica do mundo de Tolkien.

Confira as imagens:





fonte: HypeGeek

Loira Contorcionista a jogar bilhar

George Lucas já não é o único dono dos “stormtroopers” da Guerra das Estrelas


O designer britânico produziu os fatos originais dos soldados ficcionais da "Guerra das Estrelas"

O designer dos fatos dos “stormtroopers”- soldados futuristas do filme “Guerra das Estrelas” – vendia réplicas de capacetes a partir dos moldes originais, desde 2004. A produtora de George Lucas não gostou e interpôs uma acção judicial, alegando violação de direitos de autor. O Supremo Tribunal do Reino Unido deu razão ao designer, afirmando que os capacetes não são “trabalho artístico”.

“Estou satisfeito por anunciar que no sistema legal inglês o David pode ganhar ao Golias, se a sua causa estiver certa”. Foi com esta frase alusiva a um episódio bíblico que Andrew Ainsworth, 62 anos, comentou ao Daily Telegraph a decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido, na sequência de uma acção legal que a produtora Lucasfilm interpôs contra o designer britânico.

Ainsworth concebeu os moldes dos equipamentos utilizados pelos “stormtroopers” - célebres soldados do Império Galáctico, no filme “Guerra das Estrelas”, realizado pelo norte-americano George Lucas, em 1977.

A produtora alegou que ao vender réplicas de capacetes a partir de moldes e ferramentas originais, desde há oito anos, o designer estaria a violar os direitos de autor.

A batalha legal acabou com uma decisão do Supremo Tribunal do Reino Unido favorável ao designer, que permite Ainsworth vender réplicas em território inglês. Já do outro lado do Atlântico, o veredicto foi outro: Ainsworth não poderá vender mais equipamentos do género nos Estados Unidos e foi obrigado a pagar uma indemnização de 14 milhões de euros à produtora de Lucas.

Simon Bennett, um advogado especialista em propriedade intelectual citado pelo diário The Guardian, afirma que os juízes britânicos concluíram que o capacete não pode ser considerado “um trabalho artístico”, dado ter sido um “item produzido em massa”, com “papel utilitário”. O advogado acrescentou uma pergunta retórica: “Lembram-se de quantos ‘stormtroopers’ havia?”

À Sky News, um porta-voz da Lucasfilm disse que o tribunal [inglês] “manteve uma anomalia na lei de direitos de autor, segundo a qual os trabalhos criativos e artísticos feitos para serem utilizados em filmes não estão protegidos”.

As réplicas de Ainsworth costumam ser procuradas por admiradores do célebre filme de ficção científica, que os usam em convenções de fãs, e por coleccionadores, e custam acima de 1700 euros.

fonte: Público

Vídeo mais longo do Youtube tem 23 dias de duração


Jonathan Harchick, um americano de 22 anos, conseguiu a proeza de colocar um vídeo no Youtube, intitulado "The Longest Video on YouTube - 571 hours", que demora cerca de 23 dias a visualizar. Veja o video.

O jovem, designer de aplicações para o iPhone, admite que o seu recorde tem mais a ver com a técnica do que com a arte em si e desafia qualquer um a fazer o vídeo mais longo. "Para mim, o desafio está na compressão do ficheiro", disse Jonathan Harchick ao jornal americano "Huffpost".

"Colocar um vídeo com este tempo no Youtube requer uma grande quantidade de compressão, uma vez que, o site só permite até 20 gigabytes. Tive muito trabalho para conseguir este tempo, mas considero que só os nerds da tecnologia vão reconhecer o esforço".

O conteúdo real do vídeo, que tem apenas 529 Mb de tamanho, é composto por fotos tiradas numa viagem ao Chile. Jonathan revela ainda que a razão pode não estar clara devido à compressão a que foram sujeitas. "Temos imagens de 15 pixeis por 15 pixeis e isso é o que torna a imagem fora de foco", revelou.

O designer é um utilizador "premium" do Youtube, com mais de 17 mil vídeos na sua conta e alguns deles, que têm mais de um milhão de visualizações, são, no mínimo, estranhos. E é por esse facto que o utilizador tem alguns privilégios.

"Eu tive vídeos onde estou apenas a falar que receberam mais de um milhão de hits", avançou o jovem ao "Huffpost".

Jonathan Harchick, que estudou Artes e Media na faculdade, diz-se inspirado pelo filme de Andy Warhol's, "Empire", de 1964, que é um filme mudo, a preto e branco, e que consiste em oito horas e cinco minutos de imagens em movimento contínuo lento do Empire State Building, em Nova Iorque.

fonte: JN

quarta-feira, 27 de julho de 2011

101 curiosidades que você não sabia sobre video-jogos



101 - Explorando uma série de bónus, é possível terminar Super Mario 64 com apenas 1 estrela. O normal seria com no mínimo 70 estrelas.

100 - Megaman é azul graças ao NES ter uma limitada variação de azul para exibir.

99 - ICO era inicialmente pra PS1. E inicialmente quem iria ter um par de chifres seria a menina Yorda.

98 - A face de Max Payne é modelada com base na face de Sam Lake, quem escreveu a história do jogo.

97 - O jogo Mercenaries conta com Han Solo e Indiana Jones como personagem destraváveis.

96 - Durante a produção de Forza 2, a equipa de Forza 2 teve um total de 41 multas por alta velocidade.

95 - Metropolis Street Racer foi lançado 3 vezes no Dreamcast, graças a vários erros do jogo.

94 - The Sims ficou 82 semanas no Top 10 de venda dos EUA.

93 - O jogo mais vendido de Gamecube foi Super Smash Bros Melee com 6 milhões de unidades vendidas.

92 - O "speed-up" dos inimigos de Space Invaders não foi intencionalmente programado para ser assim.

91 - Antes de trabalhar na Nintendo, o antigo presidente da Nintendo trabalhou numa empresa de táxis e num motel alugando quartos por hora.

90 - Lembra do Chainsaw Controller de Resident Evil 4? Um katana controller também foi libertado para Onimusha 3, e tinha quase um metro de comprimento.

89 - Um gibi spin-off de Killzone iria ser lançado, mas acabou não sendo pois quem iria publicar faliu.

88- o Xbox iria ser chamado inicialmente de DirectX-box.

87 - Somente 2000 unidades do jogo Steel Battalion, desenvolvido pela Capcom e que vinha com um controle de 40 botões, foram disponibilizadas.

86- Em Hitman 2, num dos níveis há uma caixa de pizza que está escrito em dinamarquês: "A pizza real com m3rd@ nela."

85 - A soundtrack oficial de Okami tem o conteúdo de 5 cds.

84 - Em Flatout 2 havia 5000 objectos destrutíveis em cada circuito.

83 - Inicialmente os binóculos de três olhos de Splinter Cell foi rejeitado por Tom Clany, pois reunia ao mesmo tempo proteção térmica e visão nocturna.

82 - John Romero colocou sua Ferrari na Ebay em 2002, com uma modificação que permitia que o motor fosse modificado por um laptop.

81 - Os Chain Chomps em Mario foram inspirados num cão acorrentado do vizinho na infância de Miyamoto.

80- No lançamento americano do RPG do Gameboy Final Fantasy Legend II, o procedimento de censura contou o facto do jogo ter bananas com efeitos morais.

79 - Cada um dos 700 carros de Gran Turismo 4 foram analisados um mês para o designer criá-lo.

78 - Quase 5000 jogos foram mostrados na E3 2004. 1000 deles eram lacrados, e 16% eram softwares educacionais.

77- Possuir uma cópia de Manhunt na Nova Zelândia é um crime.

76- Saints Row tem 130 estações de múscias licenciadas, incluindo 40 de música clássica.

75- Todos os "carrier pigeons" são nomeadas com base nas mulheres os filmes de James Bond 007.

74- O jogo Psychonauts vendeu 90000 contando todas as versões (PS2, Xbox e PC).

73 - "J Allard" é o nome verdadeiro de J Allard. Foi modificado de James Allard.

72 - Resident Evil Zero é o único spin-off de RE que foi lançado para apenas uma plataforma (Gamecube).

71-Splinter Cell:Chaos Theory foi banido na Coréia do Sul, graças à parte em que há a destruição de Seoul, sua capital. Entretanto, ele saiu no fim de 2006.

70- Na Inglaterra, Rayman é o jogo mais vendido de PS1.

69- Embora você os vê raramente, Yoshi tem dentes.

68- Capcom é a abreviação de "Capsule Computers".

67 - As letras das canções de Loco Roco fora usados com jargões, de modo que nunca a entendam.

66 - Em 2005, a Sony contratou desenhadores de graffiti para promover o PSP. Na verdade, muitas pessoas acabaram desistindo de comprar por isso.

65 - Actualmente, 24% dos gamers americanos têm mais de 50 anos.

64- Alongside Pandemic?s Full Spectrum Warrior, uma versão avançada de Full Spectrum Command, foi desenvolvida para o exército, e nunca foi libertada para o público.

63 - Terry Butcher, actual dirigente, deu o comentário que inaugurou Pro Evolution Soccer em 2001.

62- Final Fantasy tem esse nome graças ao criador da série, Hironobu Sakaguchi, e foi criado com o restante do dinheiro de vários projectos mal sucedidos.

61 - A tradução de Nintendo é "leve sorte aos céus".

60- A equipa de desenvolvimento responsável por fazer o port de Resident Evil 2 para o N64, actualmente trabalha na Rockstar.

59-O programador de Doom, John Carmack, é voluntário da Armadillo Aerospace, uma companhia dedicada ao vôo.

58- É verdade que há um jogo chamado Communist Mutants from Space.
É um clone de Space Invaders lançado para o Atari em 1982.

57 - No épico Shadow of Rome, há um bónus chamado "Urine Trouble", usado para atacar alguém que perde o controle da sua bexiga.

56- Steve Downer, o dublador de Master Chief, é DJ de uma estação de rádio em Chicago.

55- No Japão, quatro títulos de Dreamcast foram lançados em 2007.

54- A arma mais poderosa em Bad Day L.A.? Cortador de unhas.

53- Um certo soldado em God of War usa o grito de Wilhelm, um efeito usado em filmes há 50 anos. Metal Slug, Lost Planet.

52 - No Japão, o lançamento de Viewtiful Joe foi chamado de "A New Hope", graças ao Star Wars Episode IV.

51 - O tamanho "inchado" do peito de Lara Croft é resultado do desenhador Toby Gard que ajustou acidentalmente o volume do peito em 150%, depois outros designers viram, gostaram e decidiram deixar como estava.

50 - Um jogo no Animal Crossing do Gamecube pode durar até 29 anos reais.

49 - O jogo Pikmin foi nomeado com o nome do cão de Miyamoto.

48 - Outrun apareceu em 19 diferentes formatos.

47 - Um total de 57 jogos foram lançados para o N-Gage.

46 - O sucesso de The Sims fez os desenvolvedores colocarem a língua do jogo até em ucraniano, Navajo e Tagalog.

45- No nível Metropolis de Halo 2, uma bola de futebol americana pode ser encontrada no alto do prédio.

44-Na primeira aparição de GTA (E3 1997), foi dito que poderia dar uma volta na cidade em três minutos.

43 - Quase a metade do conteúdo de Oblivion: IV é de diálogos.

42 - David Hayter, dublador de Snake em Metal Gear Solid 4, escreveu o screenplay para o filme X-Men.

41- Em 2001, um grupo de estudantes criou uma versão de Pong, que quem perdia, levava um choque eléctrico.

40- No estágio avançado de desenvolvimento de Final Fantasy XII havia planos de co-op de 2 jogadores.

39-Keita Takahashi, director do Katamari de Katamari Damacy, cita Picasso e "Little Shop of Horrors" como inspirações.

38-O ex-presidente da Nintendo, Hiroshi Yamauchi, possui uma parte maoritária da equipa de beisebol Seattle Marines, que actualmente també tem como dirigente Howard Lincoln, chefe da Nintendo of America.

37- De acordo com a Entertainment Software Association, a média de idade dos gamers americanos é de 33 anos.

36-Gran Turismo 2 teve 650 carros.

35 - O primeiro jogo de Dinasty Warriors era um beat'em up.

34 - O nome de desenvolvimento de Half-Life era Quiver.

33 - O jogo de PS2 Asterix & Oberix XXL tem mais de 100 imitações/trocadilhos de títulos/personagens gamísticos, incuindo Pac-Man, Tetris, Tomb Raider, Street Fighter e Super Mario Sunshine.

32 - Nintendo nunca deu um sobrenome oficial a Mario, mesmo que "Mario Bros" sugira que seja "Mario Mario" o nome completo.

31 - Lara Croft inicialmente era pra ser chamada de Laura Cruz.

30 - Antes de trabalhar em clássicos como Outrun,Shenmue e Virtua Fighter, Yu Suzuki era dentista.

29 - Inicialmente o personagem principal de Psychonauts era uma avestruz.

28 - O presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime, antes era director sênior de marketing nacional da rede de pizzarias Pizza Hut.

27 - Em Animal Crossing 64, nunca lançado fora do Japão, você tem que configurar a hora e a data toda vez que se inicia o jogo.

26 - ICO é uma gíria que em japonês significa "vamos lá" (let's go).

25 - Elder Srolls III tem um caranguejo falante secreto afastado numa pequena ilha.

24 - Halo 2 é o jogo mais vendido do Xbox, com 8 milhões de cópias vendidas, logo seguido por Halo:Combat Evolved com 5 milhões de cópias vendidas.

23 - The Guy Game, jogo-quiz baseado nas mulheres que piscam seus peitos, que iria ser lançado apenas no Estados Unidos para PS2 e Xbox, foi banido.

22 - Red Dead Revolver foi feito originalmente pela Capcom, mas a franquia foi vendida para a Rockstar.

21 - Fable tem um túmulo com o nome de Peter Molyneux.

20 - Fifa 2001 é o primeiro e único jogo a usar o CD "scratch and sniff", que teoricamente tinha uma tecnologia que dificultava riscos.

19 - Everybody Love Katamari tem um nível bónus em que se tem que rewcolher um milhão de rosas.

18 - Em 1995, a Nintendo cancelou 100 títulos que estavam a ser desenvolvidos para o Virtual Boy.

17 - Michael Jackson, em diversas formas, apareceu em Sonic 3, Ready 2 Rumble Round 2, Space Channel 5 1&2, GTA Vice City e obviamente, Moonwalker.

16 - Há 504 partes de equipamento em Final Fantasy X.

15 - Guy Cihi, que jogou Silent Hill 2 como James Sunderland, é um grande capitalista que falou para a filha jogar o jogo pois era "diferente".

14 - Em Doom 3 há uma referência a Brit.

13 - O primeiro Easter Egg nos videogames foi descoberto em Adventure para Atari 2600, aonde o jogador pode acessar uma sala em que aparece o criador do jogo.

12 - Um número de seis dígitos pode ser encontrado no Scorpion em Halo, que é a data de nascimento do director de arte do jogo, Marcus Lehto. Suais iniciais também aparecem nos pés de Master Chief.

11 - No jogo original de arcade Donkey Kong, Mario era chamado de Jumpman e não era um encanador, e sim um carpinteiro.

10 - No RPG nunca lançado fora do Japão Metal Saga, se poderia acessar as cenas finais da cutscene de introdução.

9 - A personalidade mais estranha dos videogames? Iria ser Alien Hominid num episódio de The Sopranos.

8 - O jogo de acção com robôs Armored Core Nine Breaker tem um modo de treino que conta com 150 lições.

7 - O primeiro produto lançado pela Sony foi uma panela eléctrica.

6 - Sega?s Space Channel 5 fez a Sega levar um processo porque havia muitas similaridades entre uma senhora chamada Kier, que tinha muitas similaridades com a personagem Ulala. E perdeu.

5 - Os títulos que não foram lançados da série Oddworld incluem Hand of Odd, Squeek?s Oddysee e SligStorm.

4 - A máxima pontuação possível em um jogo é em Pac-man, em que se pode pontuar até 3333360 pontos.

3 - "God Hand?s Chihuahua race" conta com um cachorro chamado Mikami's Head, fazendo alusão ao criador de Resident Evil, que disse que iria cortar a cabeça se Resident Evil 4 fosse para o PS2.

2 - O jogo de Megadrive cancelado 32X Ratchet&Bolt tinha 30 screens libertadas, e 32 armas.

1 - A área jogável de GTA San Andreas é de aproximadamente 27 quilómetros. É cinco vezes o tamanho de GTA:Liberty City e quatro o de GTA: Vice City.


sexta-feira, 15 de julho de 2011